• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Como é Viajar e não Voltar

Muita gente vem me perguntar como é fazer o que eu fiz, de viajar e não voltar mais.

 

Normalmente a curiosidade maior é em relação ao dinheiro, quanto se ganha, como se arruma trabalho, do que se vive, quanto se gasta, etc... A verdade é que não existe fórmula para isso. Cada um traça a sua trajetória e da mesma maneira que não é delicado você conhecer alguém e perguntar o salário da pessoa (pessoalmente eu acho que não é delicado nem se você conhece de longa data pois essa é uma informação muito pessoal), eu também não gosto de responder a isso. Até porque quem realmente quer mudar de estilo de vida irá agarrar todas oportunidades que surgirem independente do quanto está ganhando.

 

Como eu fiz? Eu cheguei no país e não escolhi trabalho, aceitei o que tinha e fui conhecendo pessoalmente as pessoas que já estavam morando, criei vínculos, descobri qual trabalho eu poderia fazer de acordo com as minhas habilidades e assim comecei a criar uma vida do zero. Eu também já vinha estudando muito sobre como ser autônoma e viver viajando há mais de 5 anos.

 

 

 

Eu não cheguei com nada pronto. Pelo contrário, cheguei sozinha, sem conhecer ninguém e corri atrás de tudo. Sempre tive que lutar muito e algumas das coisas a gente só descobre vivendo e ralando muito. Não existe fórmula mágica a não ser trabalhar, trabalhar e trabalhar. E aqui leia: trabalhar muuuiitooo mais do que você trabalharia no Brasil.

 

Não quero desanimar ninguém mas não é fácil e ainda encontramos muitas pessoas pelo caminho que ao invés de ajudar, só atrapalham - e muito! Tem que ser muito resiliente e determinado para não desistir.

 

A intenção desse post é esclarecer que eu até posso dar dicas sobre isso, porém é muito particular de cada um e caso você realmente queira, eu estou com o serviço de Coach de Viagem onde vou dedicar meu tempo exclusivamente para você. Cada um precisa traçar seu próprio caminho e por aqui eu posso dizer algumas das formas que já são mais do que conhecidas por todo mundo que quer viver viajando e pesquisa um pouquinho no Google: trocar trabalho por hospedagem como eu já fiz e contei aqui, trabalhar com designer e consultoria como eu estou trabalhando e você pode ver mais sobre meus trabalhos aqui, fotógrafo, tradutor, freelancer, enfim, são várias as possibilidades. Existem vários sites para você trabalhar viajando também como o Worldpackers, o UpWork, etc. 

 

Não é segredo pra ninguém que eu me joguei e de coração aberto tudo flui melhor - eu acredito que quando a gente quer muito uma coisa e se esforça, o Universo conspira a nosso favor. Eu também já desejava tanto isso que estava me preparando e a fórmula que eu criei para mim foram anos de estudo e trabalho para ser descoberta. Investi muito tempo, dinheiro, dei a cara a tapa, senti medo, angústia, duvidei da minha capacidade muitas vezes e ainda estou aprendendo muito.

 

O site é uma forma de me manter conectada com as pessoas que amo, de ajudar com algumas dicas as pessoas que estão indo viajar e também uma maneira de eu compartilhar alguns dos aprendizados que tive e os trabalhos que desenvolvo, porém eu não posso desenhar aqui todo o caminho que eu tracei, qual foi o passo a passo, pois isso é muito particular de cada um, das habilidades adquiridas anteriormente e não é possível resumir tudo em um simples post. ;) 

 

Por este motivo, não me leve a mal quando eu fugir da pergunta "quero morar em tal país, você pode me ajudar?", porque essa ajuda só quem pode te dar é você mesmo. Se você tiver coragem de arriscar e estiver disposto a conseguir, você vai encontrar a sua maneira e caso você queira uma orientação personalizada e com atenção total à você, marcamos um horário e te ajudo a esclarecer melhor sobre esse estilo de vida - que vai bem além da preocupação com questão financeira somente.

 

Corra atrás dos seus sonhos, se você realmente quiser, você vai conseguir! Não será fácil - como nunca foi pra mim - mas quando você conseguir vai valer a pena e você vai entender o porque eu fiz esse texto quando as mesmas perguntas começarem a surgir pra você. Pode confiar! :)

 

E, se você estiver indo para o mesmo país em que eu estou, será um prazer te conhecer quando você chegar. Pessoalmente me sinto à vontade para conversar muito mais e pode ter certeza que algumas ajudas e diquinhas saírão, afinal, você já deu o primeiro passo - e o mais importante: tomou a decisão! 

 

Se você leu até aqui, acaba de ganhar pontos comigo pois realmente não está buscando o caminho fácil. Então, faço questão ainda mais de te conhecer quando você chegar! :)

 

Energias positivas a todos que sonham em viver na estrada, espero que nossos caminhos se cruzem! 

 

 

 

 

Compartilhar
Share on Twitter
Curti!
Please reload

Please reload

Please reload