• Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle

Será que em bar dá pra se apaixonar?

Um dia um anjo me disse que eu iria escrever um livro com o título "A menina que viveu a maior quantidade de amores verdadeiros e reais na vida" e isso ficou na minha cabeça. 

Enquanto o livro não sai - se é que irá sair - decidi escrever alguns textos sobre alguém que já fiquei ou um personagem fictício de um candidato a amor da vida dessa menina.

 

 

 

Era uma quarta-feira chuvosa e o carro estava todo sujo de obra quando ao voltar do trabalho aconteceu um incidente: a gasolina acabou no meio da estrada. Ela ligou para uma amiga que foi resgatá-la e como já fazia um tempo que não se viam decidiram tomar uma cerveja em um copo sujo qualquer para colocar as novidades em dia. 

Um rapaz puxou assunto no bar quando viu as duas amigas: uma toda arrumada, impecável, com uma make linda e cheirosa. A outra com o uniforme de trabalho, o cabelo todo sujo e suado de passar o dia com o capacete e de bota de obra.

- Depois de um dia difícil de trabalho nada melhor que vir para o bar.

- Está na minha cara o quanto eu ralo - brincou a suja

- É, realmente uma cerveja ajuda a espairecer - completou a cheirosa

Ele estava com uma calça social, camisa e o crachá da empresa pendurado.

As duas amigas continuaram o assunto que tinham parado rapidamente devido à interrupção e depois de finalizado a conversa começou:

- E aí, amiga, ele parece ser interessante, hein? Será que está esperando algum amigo? - comentou a suja.

- Ele é gato, estou precisando mesmo conhecer alguém - respondeu a cheirosa.

- Ué, amiga, e quem disse que ele quer você? Estou toda bagunçada mas tenho meu intelecto intacto. Hahaha

- Ah amiga, achei que não estava querendo se apaixonar. Hahaha

- Qualquer paixão me diverte.

- Mas hoje você vai deixar pra mim sem questionar. Haha 

- Amiga, essas coisas não são assim, tem que rolar sintonia. 

- E como é que descobre se tem sintonia se não ficar com ele, sua louca?

- É energia, conexão. Sente pelo olhar.

- Você tem razão, mas não é sempre que isso acontece.

- Sim...

- E tem que ter assunto também, né? Até agora ele só soltou um comentário que todo mundo faz.

- Você tem razão, que tal a gente convidar ele pra sentar com a gente?

- Daqui a pouco porque primeiro preciso te contar o que aconteceu comigo semana passada, você não vai acreditar! Você lembra que te contei sobre o problema com o cliente difícil que eu estava tendo e que me tirava as noites de sono? Encontrei hoje a solução, estou tão aliviada, amiga... Tão feliz por ter conseguido resolver aquele pepino. Eu estava estudando e descobri que...

- Gatas, vocês me dão a honra de sentar com vocês? - Ele chegou interrompendo a conversa e se oferecendo.

Olhamos uma pra cara da outra com expressão de decepção e em coro respondemos:

- Não.

Nada como uma sintonia entre amigas para afastar um candidato a pegador que não quer saber de amor.

 

 

 

Compartilhar
Share on Twitter
Curti!
Please reload

Please reload

Please reload