top of page

Abu Dhabi e seus encantos

Abu Dhabi é a capital dos Emirados Árabes Unidos, que tem Dubai, Sharjah, Ajman, Umm al-Quwain, Ras al-Khaimah e Fujairah, totalizando os 8 emirados.

Uma das histórias que ouvi lá é que o sheik determinou que as construções podem ter no máximo 100 anos. Após esse período é necessário demolir e construir outra para manter a modernidade. Acredito que terá um prédio que irá ser a exceção à regra, o Portão Capital, que foi certificado em 2010 pelo Guinness – o livro dos recordes – como a torre inclinada mais alta do mundo, tendo o arranha-céu 35 andares em 158 metros de altura. Ele tem uma inclinação de 18 graus a oeste, o que significa que se inclina quatro vezes mais do que a famosa Torre de Pisa, na Itália.

xx

Também pude ver o maior edifício circular do mundo, que é lindo e me fez pensar em quanta coisa ainda tem pra se ver nesse mundão.

xx

Conheci também o circuito de Fórmula 1, Yas Marine, onde acontece todos os anos a última corrida da competição. Tem vários restaurantes em volta com vistas fantásticas, como este que eu estava quando tirei a foto. Assistir uma corrida dali não seria nada mal.

Neste dia estava fazendo 43ºC e por estar no meio de um deserto a sensação é de que você vai derreter a qualquer momento igual desenho animado. Por isso é raro ver muita gente andando na rua, pois ar condicionado é item básico em qualquer lugar e em todos os meios de transporte. Inclusive, existem vários prédios que são estações de refrigeração que enviam o ar condicionado para as moradias. Nos apartamentos as pessoas recebem uma conta de ar condicionado, assim como nós no Brasil recebemos água e luz. Interessante, né?

Aproveitei e visitei também a mesquita onde está enterrado o sheik Zayed, que governou os emirados até morrer, em 2004. Ela é simplesmente maravilhosa. Materiais nobres como mármore da Macedônia, ouro de 24 quilates e cristais de Murano estão por toda a parte, além do maior tapete persa do mundo (sim, lá você vai encontrar o “maior alguma coisa do mundo” sempre, eles têm fixação por grandeza) que foi confeccionado a mão por 1200 mulheres iranianas.

O valor da construção foi em torno de R$ 1,5 bilhão. Para entrar na mesquita somente com trajes adequados. Homens com calça comprida, camiseta com mangas ou ternos. Mulheres com saias longas, calças compridas e largas ou abayas (roupa tradicional muçulmana preta e comprida) e lenço na cabeça obrigatório.

xx

O sheik Zayed é muito idolatrado pelo povo de lá, tanto que ele é chamado de “Nosso pai Zayed”. Em inglês, “Our father Zayed”, como na foto abaixo. Ele governou por mais de 30 anos e durante esse tempo construiu escolas, hospitais e infra-estrutura urbana de qualidade, além de várias pessoas terem ganhado casas. Após sua morte, seu filho Khalifa é o atual governante e continua querido pela população.

Fui também à um mercado tradicional com ouro e lenços antes de pegar um ônibus para Dubai.

Detalhe: as mulheres entram primeiro no ônibus e se sentam nas fileiras da frente e somente ao lado de mulheres. Se for número ímpar, uma mulher vai em uma poltrona sozinha no banco do ônibus. Após todas as mulheres terem ocupado seus lugares, chega a vez dos homens entrarem e se sentarem. Tudo isso organizado pelo motorista do ônibus, ou seja, é regra.

Após chegar em Dubai fui ver o espetáculo das águas dançantes no Dubai Mall e depois fui direto para o aeroporto, onde passei a noite. Preferi “dormir” lá pois fiquei com medo de arriscar ir para o hotel, apagar de cansaço e perder meu voo para Malta, que era bem cedo.

E aí, o que acharam de Abu Dhabi?

19 visualizações0 comentário
  • Instagram
  • Facebook
  • Pinterest
  • TikTok
  • LinkedIn
  • YouTube
  • Twitter
bottom of page